Escolha uma Página

Uma mulher foi presa nesta segunda-feira (11), em Itabuna, acusada de matar dois namorados por envenenamento. A polícia cumpriu o mandado de prisão preventiva contra Wane Brenda Gonçalves de Oliveira nesta tarde. As investigações das mortes de Evandro Bomfim de Sousa e Edvaldo Araújo Alves apontaram que ambos foram mortos por envenenamento por “chumbinho” e apontaram Brenda Gonçalves como autora dos crimes. De acordo com a polícia civil, a primeira vítima da “Viúva Negra” foi Edvaldo Araújo Alves. Ele se sentiu mal no final da noite de 16 de abril do ano passado. Pálido, contorcendo-se e suando muito, Edvaldo chegou ao Hospital de Base de Itabuna em um táxi, levado pela namorada com quem vivia há um ano, acompanhada por um sobrinho e um cunhado da vítima. Edvaldo ainda foi reanimado, mas morreu pouco tempo depois no Hospital de Base. Conforme a polícia, a família da vítima tinha dúvidas sobre a causa da morte, pois a namorada era ciumenta e possessiva. Edvaldo queria o fim do namoro. A família, informa a polícia, não tinha provas de que a morte havia sido provocada por Brenda. Wane Brenda não demorou muito a engatar outro namoro, agora com Evandro Bomfim de Sousa, que viria a ser a segunda vítima da Viúva Negra. Evandro passou mal ao ingerir medicamento dado por Brenda em 12 de novembro do ano passado, sete meses depois da morte de Edvaldo. Evandro passou mal e foi encaminhado para o pronto-atendimento do Hospital Calixto Midlej Filho, também em Itabuna. Chegou vomitando e suando muito, segundo testemunhas. O médico disse que Evandro apresentava sintomas de envenenamento. A vítima passou por lavagem estomacal. Evandro deixou o Centro de Terapia Intensiva (CTI) quatro dias depois, quando foi transferido para apartamento. Próximo de receber alta médica, ele teve uma parada cardíaca. A equipe médica tentou reanimação e colocou uma sonda gástrica, “por onde saía um material escuro parecido com chumbinho”. Retornou para o CTI e teve morte cerebral confirmada no dia 28 de novembro, tendo parada cardíaca em 3 de dezembro do ano passado. O teste toxicológico confirmou o que se suspeitava. Evandro havia sido vítima de envenenamento por chumbinho. Depois da comprovação de que Evandro faleceu por envenenamento, informa a polícia, as famílias das duas vítimas se juntaram para investigações, sendo instaurados dois inquéritos policiais para apurar as circunstâncias das mortes de Edvaldo e Evandro. Após exumação do corpo de Edvaldo e coleta de amostra, os exames deram positivo para envenenamento. “Foi detectada a presença de Terbufós…agrotóxico pertencente ao grupo químico dos organofosforados, com ação inibidora irreversível da enzima acetilcolinesterase e está classificado como de nível toxicológico 1 (extremamente tóxico) Anvisa.”. Com os fortes indícios, Wane Brenda foi presa na tarde de hoje, após mandado de prisão expedido pela Vara do Júri da Comarca de Itabuna. Informações Pimenta Blog.

Notícias Relacionadas

Compartilhe esta publicação!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •