Escolha uma Página

upa-00

Foto: Livramento Manchete

Conforme informações passadas com exclusividade pelo diretor administrativo da UPA 24h à equipe de jornalismo da Rádio 88 FM, no mês de agosto do ano em curso, pacientes que procuraram atendimento na Unidade apresentavam o quadro de (GECA), “gastroenterocolite aguda”. Segundo os dados apresentados, dos 173 pacientes atendidos diariamente, 60 foram diagnosticados com o vírus, somando um total mensal de 1.800 casos de pessoas com sintomas de vômitos, diarréia, desidratação e febre. Segundo o administrador da UPA 24h, os números são preocupantes e será solicitado uma ação da vigilância sanitária no sentido de realizar um trabalho de investigação para poder obter uma resposta para o aumento dos casos de (GECA) no Município. Os vírus são transmitidos pelo contato direto com pessoas doentes, além de ingestão de água e alimentos contaminados. Enquanto o trabalho da vigilância não acontece, segue aqui duas orientações importantes de prevenção como, higienização de alimentos e lavar as mãos com freqüência. De acordo com especialistas, após o contato, a pessoa pode levar até dois dias para manifestar os sintomas. Caso os sintomas se manifestem o aconselhável é ingerir bastante líquido, evitar o consumo de alimentos gordurosos e repousar.

Notícias Relacionadas

Compartilhe esta publicação!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •