Filhas de Jó realizaram Seção Publica na Camara Municipal

0

Fotos: Ailton Oliveira / Livramento Manchete

Na noite da última sexta-feira (19), o Bethel #20 livramentense na união de propósitos, realizou uma seção pública no Plenário Didi Azevedo da Câmara Municipal. Participaram da audiência pública representantes da Ordem Internacional das Filhas de Jó, representantes da Ordem Demolay,  autoridades maçônicas e a sociedade livramentense. Durante a seção aconteceu a palestra “Sororiedade no Combate á Violência Contra Mulher”, proferida pela palestrante a senhora Ana Rosa Soares da Silva. As Filhas de Jó compõem uma Ordem discreta de princípios fraternais, filosóficos, iniciáticos, e filantrópicos, apoiada pela Maçonaria e destinada à jovens do sexo feminino entre 10 e 20 anos, visando o aperfeiçoamento do caráter.

A honorável Rainha Meg Santos Trindade fez a abertura dos trabalhos ritualísticos, incluindo a orientação geral da Rainha do Bethel; Entrada da Bandeira do Bethel e execução do Hino à Bandeira do Bethel, depois entrada do Pavilhão Nacional e execução do Hino Nacional.

A Ordem se baseia nos ensinamentos bíblicos sobre a vida de Jó, sua paciência perante os desafios e provações pelos quais teve de passar. A ordem está presente em alguns países: Canadá, Austrália, Estados Unidos, Filipinas, e Brasil. As Filhas de Jó estão em nosso país desde 1993. No seguinte, chegaram a Livramento de Nossa Senhora, através do Bethel #20 livramentense. A Ordem das Filhas de Jó Internacional foi criada no dia 20 de outubro de 1920, na cidade de Omaha, no Estado de Nebraska, Estados Unidos, pela senhora Ethel T. Wead Mick e possui como base o capítulo 42, versículo 15 do Livro de Jó: “Em toda a Terra não se encontraram mulheres mais justas que as filhas de Jó e seu pai lhes deu herança entre seus irmãos”.

Deixe seu comentário!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui