Comerciante natural de Rio de Contas é morto durante tentativa de assalto em São Paulo

0

Um comerciante identificado como Ronaldo Jesuíno de Jesus, de 50 anos, natural da cidade de Rio de Contas, foi morto a tiro durante um latrocínio, na Zona Sul da capital de São Paulo. O crime ocorreu na noite de domingo do dia (12) de maio. Conforme informações obtidas pelo Livramento Manchete, Jesuíno era dono de um bar e restaurante na Avenida Professor Francisco Morato na Capital Paulista, ele estava acompanhado de um sobrinho, ambos estavam fechando o comércio, quando de repente foram surpreendidos por dois bandidos.
Segundo o sobrinho do comerciante, os criminosos entraram no estabelecimento e teriam pedido um copo com água, as vítimas disseram que já estavam finalizando suas atividades quando perceberam atitude suspeita.
Um dos meliantes com a arma em punho, exigiu que Ronaldo e o sobrinho entregasse seus pertences, o dinheiro do caixa e uma moto que estava em frente ao restaurante.
Ainda segundo informações, o comerciante teria reagido a ação delituosa, ele deu um golpe no braço do bandido e a arma caiu do lado fora do restaurante, o ladrão que estava dando cobertura ao comparsa no exterior do bar, conseguiu pegar o revólver e disparou duas vezes contra o comerciante, que foi atingido na região do peito.
Uma guarnição da Polícia Militar passava pela avenida quando tudo aconteceu, ao ouvirem os disparos os policiais pararam a viatura e imediatamente deram ordem de prisão aos marginais. Um dos infratores que deflagrou os tiros é um menor de idade de 17 anos, ele se entregou na hora. Já o comparsa tentou empreender fuga, mas foi detido pelos militares. Além de prender os assaltantes, os policiais ainda socorreram o comerciante, mas Ronaldo não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo no Hospital Israelita Albert Einstein. O comerciante Ronaldo Jesuíno de Jesus, foi sepultado na comunidade de Baixa Funda, zona rural de Rio de Contas.

Todos os direitos são reservados ao reproduzir este conteúdo, ao copiar pedimos os devidos créditos. 

Deixe seu comentário!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui