Bahia é o estado com mais crimes violentos no país, aponta ONG de segurança pública

0

crimes-violentos-queda

A Bahia foi apontada como o estado brasileiro com mais mortes violentas intencionais no ano de 2015. De acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (28) pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, aconteceram 6.338 casos no ano passado. Apesar da liderança em números absolutos, a Bahia fica na sétima posição considerando o número de mortes por 100 mil habitantes, com taxa de 41,7. O Fórum Brasileiro de Segurança Pública é uma organização não-governamental que atua na área da atividade policial e da gestão da segurança pública. Em nota, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) avaliou que divergências nas metodologias usadas pelas unidades federativas brasileiras “induzem a um erro grosseiro” na pesquisa. “Na Bahia, todas as ocorrências envolvendo mortes, independentemente da investigação ou elucidação, são considerados Crimes Violentos Letais Intencionais. O mesmo acontece com ocorrências que envolvem mais de uma vítima. Cada morte é considerada uma CVLI, diferente de outros estados que consideram chacinas como um crime único”, explica o comunicado. Na comparação com 2014, por outro lado, o estado apresenta melhora discreta. Há dois anos, o levantamento registrou 6.366 mortes violentas intencionais, também a maior marca do Brasil. A taxa por 100 mil habitantes era de 42,1, o que representa queda de 0,9% entre os dois anos. A categoria Mortes Violentas Intencionais corresponde à soma das vítimas de homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e mortes decorrentes de intervenções policiais em serviço e fora. Um dos índices em que a Bahia apresentou melhora foi o número de policiais mortos em situações de confronto. Em 2014, foram registrados 30 casos, contra 19 no ano passado. o número considera as mortes em serviço e fora do serviço. Por outro lado, as mortes decorrentes de intervenção policial subiram de 278 para 299 no mesmo período.

Com informações Bahia Noticias.

Deixe seu comentário!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui