O radialista Weverton Rabelo Fróes, de 32 anos, foi morto a tiros na comunidade de Guariba, zona rural de Planaltino, na Bahia. O homicídio ocorreu na noite do último domingo (04), por volta das 18:30h, quando a vítima estava em casa e foi surpreendida por um elemento que havia pedido ajuda para consertar uma motocicleta. Rabelo foi alvejado inesperadamente por disparos de arma de fogo no momento que saiu para fornecer uma ferramenta ao autor do crime.
O corpo do radialista foi encaminhado ao IML de Jequié. A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar as causas e autoria da morte do comunicador. De acordo com informações obtidas pelo Livramento Manchete, o comunicador tinha o apelido de “Toninho Locutor”, populares afirmam que ele era bastante conhecido e querido por todos. O clima é de dor, comoção e revolta no município planaltinense. Toninho era proprietário de uma emissora de rádio ilegal, Rádio Antena 1, e atuava em Planaltino há 12 anos. Na emissora, ele era humorista e tinha um programa com o personagem Seu Marujo. O radialista havia postado um áudio em um grupo de Whatsapp, relatando que sua rádio vinha sendo ameaçada de fechar, e o mesmo não se intimidou advertindo que não tinha medo de ameaças. Ouça o áudio abaixo:

 

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
FanPage
Publicidade
LM NO YOUTUBE

O que publicamos hoje,
diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta LM gratuita.

Entre em nosso grupo do WhatsApp!