Misael Araújo e Lucas Silva, são os mandantes do homicídio do patrão 

Um empresário identificado como Carlos Alberto dos Santos, de 54 anos, foi assassinado por disparos de arma de fogo no dia 08 de dezembro, na Rua Guarani, no centro de Teixeira de Freitas. O crime chocou a cidade e repercutiu bastante nas redes sociais e jornal local. Alberto era dono de um supermercado e produtor rural, ele era bem conhecido no município.
O crime:

O empresário Carlos Alberto, de 54 anos, foi morto a tiros no dia 08/12, em frente ao seu estabelecimento comercial

Imagens registradas em câmeras de segurança flagram a cena do crime, o empresário estava dentro de seu veículo, uma caminhonete S-10, quando dois elementos chegaram abordo de uma motocicleta para cometer o homicídio, o carona desceu da moto e efetuou os disparos contra a vítima. O empresário foi socorrido e levado ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas – HMTF, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito na unidade de saúde. Assista abaixo o vídeo do crime, registrado por câmera de segurança.

 

 

Polícia Civil investiga o caso e prende envolvidos na morte do comerciante:
A 8ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior – 8ª Coorpin realizou diversas investigações sobre o crime e conseguiu identificar os envolvidos na ação delituosa, onde resultou na prisão de três elementos. Os elementos presos foram os mandantes do homicídio, dois jovens identificados como Misael Araújo dos Santos e Lucas Silva dos Santos, ambos com 20 anos de idade, os quais eram funcionários de confiança da vítima. E a terceira pessoa foi conduzida a delegacia para prestar depoimentos, indícios apontam por também estar envolvida no crime.
Segundo a Polícia Civil, os funcionários do comerciante também são acusados de furtar R$ 160.000,00 (cento e sessenta mil reais). O furto foi descoberto pelo empresário, e os dois encomendaram a morte do patrão. Misael e Lucas foram presos após uma decisão judicial que aplicava os mandatos de prisão contra eles.
Os assassinos também foram identificados, mas foram encontrados mortos:

“Os assassinos Yago e Alexandre foram encontrados mortos, não há informações sobre as causas das mortes”

Os assassinos foram identificados como Yago Moraes Freire, de 20 anos e Alexandre Evangelista Alves, de 22 anos, vulgo “Tchum”, os quais foram contratados por Misael e Lucas. Ainda segundo informações, a dupla do crime teria desaparecida de Teixeira de Freitas, no dia 11 de dezembro, após três dias da morte do empresário.
Yago foi encontrado morto na noite do dia 11/12, em uma fazenda localizada na Zona Rural de Pedro Canário – ES. O Alexandre também foi encontrado morto e já estava em estado de decomposição, o corpo dele foi localizado no dia 17/12, na Zona Rural de Alcobaça – BA.

A ação policial também resultou na apreensão de um pouco do dinheiro que foi recuperado e objetos comprados com a grana que foi subtraída no supermercado 

Durante cumprimento de mandado de prisão contra os dois acusados de serem os mandantes do homicídio de Carlos Alberto, a Polícia Civil recuperou R$ 48.000,00 (quarenta e outo mil reais), em espécie, dos R$ 160 mil subtraídos no estabelecimento comercial do empresário.
Um dos acusados comprou uma casa e a mobiliou. A Polícia apreendeu diversos móveis novos, ainda na caixa. O imóvel foi comprado no valor de R$ 43.000,00 e os acusados teriam pagado cerca de R$ 20.000,00 aos homicidas para assassinar o empresário.
Misael e Lucas estão presos temporariamente, porem a prisão preventiva já esta em andamento, pois a Polícia Civil segue com as investigações. A Polícia ainda não divulgou o nome e nem tão pouco a participação do outro envolvido.

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
FanPage
Publicidade
LM NO YOUTUBE

O que publicamos hoje,
diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta LM gratuita.

Entre em nosso grupo do WhatsApp!