Deputado Alexandre Frota acusa Bolsonaro de contratar empresária para reclamar da quarentena

Deputado Alexandre Frota acusa Bolsonaro de contratar empresária para reclamar da quarentena

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) acusou o presidente Jair Bolsonaro de contratar uma empresária para reclamar da quarentena. A mulher aparece no vídeo publicado por Bolsonaro na última quinta-feira.

Na gravação, ela, que se intitula professora particular, diz que o povo quer brasileiro e que a quarentena “é para vagabundo”. “Venho pedir ao senhor por milhares de pessoas, porque a imprensa não ajuda a gente”, diz a mulher.

Segundo Frota, a pessoa que fala no vídeo é Fátima Montenegro e é uma empresária que vive em Brasília. O deputado afirma que foi uma pessoa colocada estrategicamente para criar comoção.

Chega ao fim mais uma farsa .Fátima Montenegro a mulher que se passou por vítima de perder o emprego e implorou para Bolsonaro o fim da Quarentena é uma empresária de Brasília e militante do Bolsonarismo. Foi colocada estrategicamente no dia para criar a comoção.Que vergonha . pic.twitter.com/9ZqkiitIvr

— Alexandre Frota 77 (@alefrota77) April 3, 2020

Nas redes sociais, Fátima Montenegro tem apoiado que a população de Brasília saia às ruas e faça carreatas. A orientação da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde é que as pessoas fiquem em casa para impedir a rápida proliferação do coronavírus. Veja o vídeo abaixo:

Deixe seu comentário!

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!